Cuiabá, terça-feira, 25/06/2024
04:29:59
informe o texto

Notícias / Literatura

27/09/2023 às 15:00

TRAGÉDIA DE 1974

Livro que relata em detalhes a maior enchente de Cuiabá é lançado

O evento será realizado no Centro Cultural Casa Cuiabana, a partir das 19h30

Gabriella Arantes

Livro que relata em detalhes a maior enchente de Cuiabá é lançado

Foto: Divulgação

Em 1974, Cuiabá registrou a maior enchente de todos os tempos e a história foi contada em detalhes através do livro “Águas de Março”, escrito pelo mato-grossense Antonio Soares Gomes. A obra será lançada nesta quarta-feira (27), no Centro Cultural Casa Cuiabana, a partir das 19h30.

“Em Cuiabá, houve quatro grandes enchentes até a de 1974, mas essa foi a maior, que destruiu não só o bairro chamado Terceiro, como destruiu plantações, comerciais, lavouras e animais. Rio abaixo e rio acima. [...] No livro eu apresento o relatório do governo sobre a destruição e como se deu essa enchente, desde o dia 11 a 12 de 1974 quando o rio começou a subir”, contou o escritor ao Entretê.

No livro, o autor não se prendeu apenas aos dias de tragédia e de medo causados pela enchente. Mas trilhou um longo caminho de aproximadamente 255 anos, desde a fundação da Capital, em 1719, até os dias de transbordamento do rio Cuiabá e seus afluentes em março de 1974.

Conforme o escritor, “Chuvas de Março” é uma grande reportagem. “O livro é uma narrativa desde quando Pascoal Moreira Cabral chegou em Cuiabá, em 1719. E aí com a descoberta do ouro no Coxipó, a fundação do Arraial da Forquilha e a lavratura da ata. Depois que eu falo da expansão da maior descoberta de ouro que é as Lavras do Sutil que foi aqui no córrego da Prainha”.

Sobre o escritor

Antônio Soares Gomes, nascido na cidade de Poxoréu, Mato Grosso, começou a tomar gosto pelas palavras e pela leitura seguindo os passos de sua mãe, Dona Doca, uma boa contadora de histórias e causos. Uma voraz leitora dos romances da época que deixou seu legado ao seu filho caçula. Já alfabetizado, Antônio passou a ensinar outros vizinhos a ler e a escrever. Concluindo os estudos em sua cidade natal mudou-se para Cuiabá para ingressar na Universidade Federal de Mato Grosso onde cursou Ciências Econômicas.

Anos depois, como professor substituto dessa mesma universidade, teve a oportunidade de lecionar em diversos cursos no Campus de Cuiabá. Em Cuiabá também ministrou aulas na Universidade de Cuiabá e em outras faculdades. No interior do Estado, levou seus ensinamentos a outras faculdades como o Centro Universitário Vale do Araguaia, na cidade de Barra do Garças. E, nessa mesma cidade, ainda dirigiu por oito anos o Centro de Educação Profissional e Tecnológica – Ceprotec e, posteriormente, Secitec, da Secretaria de Estado de Ciências e Tecnologias de Mato Grosso. Antes dessas atividades o autor já havia se dedicado às aulas no ensino fundamental e médio das escolas da Seduc-MT em Cuiabá e até tornou-se diretor de uma delas, na Escola Estadual Padre Ernesto Camilo Barreto. Concluindo o curso de Completação em Pedagogia habilitou-se plenamente ao magistério e iniciou um mestrado em História para, posteriormente, concluir especialização em Comportamento Humano nas Organizações. Fora da vida acadêmica trabalhou na iniciativa privada como colaborador e posteriormente na condição de empresário do ramo de papelaria.

Ainda insatisfeito com tudo isso dedicou a escrever e a publicar seus livros que, até o momento, contam sete títulos. O primeiro um livro de poesias "Retrato do Cotidiano", que a esse logo se seguiu o segundo, um conto: "Defunto Presunçoso". O terceiro livro foi dedicado ao público infanto juvenil cujo título é "Crescendo com as Letras". Volta à poesia no seu quarto livro "Impurezas do Espelho". O quinto livro é resultado de pesquisa realizada na pós-graduação e aborda o tema do alcoolismo e outras drogas sob o título: "Do Lodo à Fina Flor – das profundezas do alcoolismo e das drogas à beleza do lírio: uma trajetória possível". No sexto livro o autor retoma o conto e a poesia em "Percepções do Imaginário – prosa e verso". Agora, o seu sétimo livro: "Chuvas de Março".

Serviço

Lançamento do livro “Chuvas de Março”
Quando: nesta quarta-feira (27), a partir das 19h30.
Onde: Centro Cultural Casa Cuiabana, Av. Gen. Valle, 181 - Bandeirantes, Cuiabá - MT.
Clique AQUIentre no grupo de WhatsApp do Entretê e receba notícias de Cultura e programações artísticas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet