Cuiabá, terça-feira, 26/10/2021
00:49:13
informe o texto

Notícias / Política

20/09/2021 às 11:55

Ferrovia deve gerar mais de 230 mil empregos e governo fará programa de qualificação

O governador trabalha com a possibilidade de disponibilizar um programa com 10 mil vagas nas mais variadas áreas de especialização

Da Redação - Kamila Arruda / Da Reportagem Local - Angélica Callejas

Ferrovia deve gerar mais de 230 mil empregos e governo fará programa de qualificação

Foto: Angélica Callejas - Leiagora

A implantação da Ferrovia Estadual deverá gerar mais de 230 mil empregos de forma direta e indireta. A informação é do governador Mauro Mendes (DEM)  e foi dada durante ato de assinatura da ordem de serviço para início das obras. 

O democrata disse ainda que nos próximos dias a Secretaria do Estado de Educação (Seduc) irá lançar um programa de qualificação profissional. A intenção é garantir a mão de obra para a execução da obra, bem como para atender a demanda da ferrovia depois da obra concluída.

A estimativa da geração de emprego é baseada nos estudos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES), que calcula o impacto de investimentos. O estudo contempla todas atividades incluídas em uma obra de infraestrutura, indo desde a obra civil em campo, engenharia, planejamento, indústria, fabrica de trilhos, trem, carros, entre outras

Na manhã desta segunda, Mendes assinou o contrato de adesão junto à Rumo Logística S/A para a construção, implantação e exploração de 730 quilômetros da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso, que terá trechos de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. 

Diante disso, o Governo do Estado já trabalha em um programa de qualificação profissional para atender a demanda que surgirá em decorrência dessa nova realidade oriunda da implantação da Ferrovia Estadual.

“Nós iremos implementar um forte programa de qualificação profissional baseado nessa realidade que é a ferrovia, e baseado em nas expectativas de novas alternativas industriais e comerciais que vai surgir após esse evento”, enfatizou Mendes colocando que a previsão é a disponibilização de 10 mil vagas nas mais variadas áreas de especialização.

“O Governo do Estado de Mato Grosso tem uma previsão inicial desses 10 mil cursos, mas a secretaria de educação está com um planejamento que vai ser trazido a público em breve, que vai mostrar que esse número de qualificação no ensino médio, principalmente, será muito maior do que isso. Nós vamos sim fazer toda e qualquer qualificação vocacionada para as oportunidades e para as possibilidades que o mercado abrir a partir da existência dessa ferrovia”, finalizou.
Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet