Cuiabá, segunda-feira, 08/08/2022
07:06:11
informe o texto

Notícias / Polícia

02/07/2022 às 10:27

Vídeo | Mulher contesta agressão e garante que agente morto por vereador não sacou a arma

De acordo com a companheira de Alexandre, ele teria descido do carro para acompanhá-la e não houve discussão

Alline Marques

Vídeo | Mulher contesta agressão e garante que agente morto por vereador não sacou a arma

Foto: Renato Ferreira

A mulher de Alexandre Miyagawa de Barros, 41 anos, morto a tiros pelo vereador tenente-coronel Marcos Paccola (Republicanos), contestou a versão apresentada pela polícia e afirmou que o companheiro não sacou a arma que estava na cintura no momento que foi baleado. 

Ela chegou a gravar um vídeo relatando o ocorrido e pedindo que a mídia parasse de propagar essa versão de que ela estaria sendo agredida. A mulher conta que estava dirigindo e entrou na rua da conveniência na contramão, onde ela tem uma empresa, pois iria ao banheiro e depois o casal seguiria para o Choppão.  

Ao descer do carro, algumas pessoas que estavam na conveniência começaram a chamá-la de louca porque entrou na contramão e o marido desceu do carro com o celular e carteira na mão. Ela diz que ele tinha o costume de andar com a mão na cintura, mas que não teria sacado a arma. 

No vídeo postado nas redes sociais ela chega a afirmar que ela poderia ter sido acertada pelo tiro. E que só viu o marido caindo no chão já baleado. 

Em um primeiro vídeo que circulou nos grupos de whatsapp, ela relatava que teria ido ao banheiro e ao retornar o companheiro estava morto, porém, nas redes sociais ela relatou que chegou a ver o marido ser atingido. Ela chegou a ser levada para a delegacia para prestar depoimento. 

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, que irá analisar as imagens das câmeras de segurança para apurar os fatos.


 
Clique AQUI, entre no grupo de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet