Cuiabá, sexta-feira, 01/03/2024
03:07:22
informe o texto

Notícias / Política

27/11/2023 às 19:56

NOVO MINISTRO

Deputado vê com preocupação indicação de Flávio Dino ao STF

Para Coronel Assis, o ministro tem atitudes antidemocráticas que são incompatíveis com o papel de um membro da Justiça

Paulo Henrique Fanaia

Deputado vê com preocupação indicação de Flávio Dino ao STF

Foto: Assessoria

“A palavra do dia é Preocupação”. Esta foi a forma que o deputado federal Coronel Assis (União) respondeu à imprensa ao ser questionado na manhã desta segunda-feira (27) como ele recebe a notícia de que o presidente Lula (PT) indicou o ministro da Justiça e Segurança Pública Flávio Dino ao cargo no Supremo Tribunal Federal (STF). Sempre crítico às atitudes de Dino, Assis reconhece a legitimidade do presidente em indicar quem quer que seja ao STF, todavia, não vê com bons olhos o nome do atual ministro em virtude de suas “atitudes antidemocráticas”.
 
“Vejo com preocupação uma vez que o Dino, a meu ver, comete inúmeras ações e atitudes antidemocráticas. A partir do momento que um ministro de estado devidamente nomeado pelo governo não se faz presente a uma convocação de uma câmara temática da Câmara dos Deputados, no Congresso que é alicerçada no artigo 50 da Constituição Federal e que ele não vai e encaminha ofício até nosso presidente dando desculpas, parece que não se justificam, porque, se não for atitudes antidemocráticas, eu não sei o que é”, afirma o deputado.
 
Assis também relembra duas passagens polêmicas de Flávio Dino no Ministério da Justifica, a primeira ocorrida em março deste ano quando Dino visitou o Complexo da Maré para participar de uma atividade em uma ONG do Rio de Janeiro. Parlamentares da oposição afirmam que seria impossível entrar no local sem uma grande escolta policial ou com o aval positivo do crime organizado que comanda o complexo de favelas.
 
Outra polêmica foi revelada neste mês pela imprensa que descobriu que uma mulher casada com um comandante do crime organizado havia feito ao menos três visitas ao Ministério da Justiça. A mulher que é apelidada de “Dama do tráfico” teria se encontrado com subordinados de Flávio Dino. Mesmo que o ministro afirme que não tinha conhecimento da situação, Coronel Assis afirma que isso causa uma estranheza.
 
“É complicado que o presidente vai indicar um ministro que em poucas semanas atrás tivemos o escândalo da Dama do Tráfico e ele vai falar que não sabia que seus subordinados estavam reunindo com uma pessoa que foi condenada por associação ao crime? É prerrogativa e um direito indicar quem quiser, mas a personalidade do Dino não seria a mais indicada no momento, enquanto se resolver todos essas coisas, esclarecer isso de uma forma que o povo precisa saber como que o Ministro da Justiça vai ao Complexo da Maré com uma escolta ínfima onde as operações policiais são abarrotadas de um aparato logístico bélico gigantesco, porque lá é dominado pelo crime. Fico preocupado como será a postura do Dino lá no STF. Será que teremos um ministro a exemplo do que temos na Justiça e Segurança Pública, extremamente midiático e reativo?”, questiona Assis.
 
Quem também demonstrou preocupação com a situação foi a deputada federal Amália Barros (PL). Nas redes sociais, a parlamentar cobra que o Senado Federal, que tem a obrigação de realizar uma sabatina e aprovar o nome do ministro do STF, rejeite a indicação de Lula.
 
“O Senado terá que fazer sua parte e não aprovar. Não tenho dúvida que para isso teremos uma grande mobilização popular. Já comecem a cobrar seus senadores”, diz a deputada.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet