Cuiabá, sábado, 20/04/2024
12:45:44
informe o texto

Notícias / Geral

30/01/2024 às 16:40

EM ALERTA

Número de infectados pela Covid-19 volta a subir e VG já resgistra dois casos da nova subvariante

Em Cuiabá, secretário afirma que situação não é alarmante, mas reforça que população deve buscar completar o ciclo vacinal

Paulo Henrique Fanaia

Número de infectados pela Covid-19 volta a subir e VG já resgistra dois casos da nova subvariante

Foto: Luiz Alves

O município de Várzea Grande já registra dois casos da nova subvariante da covid-19, a chamada JN 2.5. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde da cidade industrial, que ainda aponta um crescimento substancial nos casos de covid-19 “convencional”.

Conforme dados levantados pela pasta, o número de casos vem apresentando aumentando desde dezembro do ano passado. Na primeira semana de janeiro, por exemplo, Várzea Grande registrou 25 casos.

Nas duas semanas seguintes, de 7 a 13, por sua vez, o número quase dobrou. Neste período, 44 pessoas testaram positivo para a covid-19. A partir de então, a contaminação pelo vírus continua em ascensão.

Prova disso é que, na terceira semana do mês, entre os dias 14 e 20, as confirmações subiram para 118, e de 21 de janeiro ao dia 27 os casos saltaram para 299, totalizando só no mês de janeiro 486 casos confirmados.

Consequência disso é o aumento no fluxo de atendimento nas unidades de saúde do município. De 31 de dezembro a 27 de janeiro foram atendidas cerca de 1.330 pessoas suspeitas da doença. Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Ipase foram 588 pessoas atendidas por suspeita da doença, e na UPA do Cristo Rei 419 pessoas.
 
Além disso, Várzea Grande registrou uma média 14 internações, sendo que nove tiveram alta, dois foram transferidos por meio da Central Única de Regulação, dois permanecem internado e um veio a óbito. Pessoas internadas em unidades de saúde no município e não residentes em Várzea Grande foram 25 neste mês.

Desta forma, o secretário Gonçalo de Barros alerta a população para que além da vacinação, é recomendado o uso de máscaras em locais fechados. “A gente vem reforçando a importância da vacinação, principalmente entre os idosos, por serem mais vulneráveis às doenças respiratórias. Reforçamos ainda a preocupação com as formas graves da covid-19 que podem ser evitadas com a imunização. A gente sabe que o vírus da Covid-19 é altamente mutável. Temos monitorado essas mutações desde o início, mas, quanto mais pessoas vacinadas e com cartão atualizado, menor o risco de se ter um boom de casos graves, como tivemos em anos anteriores”, reforçou.


 Em Cuiabá
 
Leiagora também entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá. De acordo com o secretário de saúde Deiver Alessandro Teixeira, no último sábado (27) foi realizado o Dia D de Testagem. Neste dia foram realizados 1.007 testes e 16% testaram positivo para covid.

“A maioria apresentou sintomas leves e todos receberam acompanhamento da equipe médica. Não precisamos alarmar, a palavra é prevenção”, afirmou o gestor que também recomendou que a população busque completar o esquema vacinal.

Segundo os dados da secretaria, até o momento Cuiabá já conta com 74,11% de cobertura vacinal da Pfizer Monovalente; 7,89% da Pfizer Bivalente; 31,47% da Pfizer Pediátrica (crianças de 5 a 11 anos, 11 meses e 29 dias); e 4,69% da Pfizer Baby (crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias).
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet