Cuiabá, quarta-feira, 24/04/2024
17:31:55
informe o texto

Notícias / Geral

27/02/2024 às 14:48

DADOS DO LIRA

Com alto índice de infestação predial, Cuiabá corre risco de epidemia da dengue

O índice alto ainda não se reflete no aumento dos casos em relação ao ano passado por causa da circulação do vírus

Leiagora

Com alto índice de infestação predial, Cuiabá corre risco de epidemia da dengue

Foto: SMS Cuiabá

Apesar da baixa nos casos em relação ao ano passado, o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) mostra que a cidade de Cuiabá está com Índice de Infestação Predial (IIP) muito além do recomendado pelo Ministério da Saúde, gerando risco de epidemia no município. 

O LiRAa é feito a partir da realização de 27 conglomerados de bairros, em 21 desses conglomerados há alto risco de epidemia da dengue. Em 6 conglomerados o risco é médio e nenhum dos conglomerados possui baixo risco, o que seria o ideal. Veja o levantamento completo no arquivo em anexo. 

O IIP registrado em Cuiabá, a partir do trabalho realizado pelos agentes de endemias, é de 6,0, quando o ideal é que o índice esteja abaixo de 0,99. Todos os dias 225 agentes de combate a endemias saem às ruas de Cuiabá conscientizando a população em visitas aos moradores dos bairros. 

Os agentes de combate a endemias trabalham com a meta de visitar 800 a 1000 imóveis, a cada 45 dias, fazendo a visita e avaliação dos imóveis, até completar a visitação por zona. Nos casos em que existem casos suspeitos de dengue no imóvel, é realizado o bloqueio do imóvel e a aplicação do larvicida. Até o momento, mais de 87 mil imóveis foram visitados. 

Segundo Jussara Márcia Lurk, gerente de Animais Sinantrópicos do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, o índice alto ainda não se reflete no aumento dos casos em Cuiabá em relação ao ano passado por conta da circulação do vírus da dengue. 

“Se o vírus já circulou e a população teve contato não vai adquirir novamente”, afirmou Jussara. “São quatro sorotipos, se o paciente já pegou o sorotipo 1 não pegará novamente, nós temos muitos casos de jovens e adolescentes porque eles provavelmente não tiveram contato com o vírus que circula”, completou. 

Jussara explica que não é responsabilidade da prefeitura de Cuiabá a limpeza de imóveis particulares ocupados ou não, como terrenos baldios. Nos casos de suspeita de focos de dengue em imóveis ocupados, a população pode entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses através do número 65 3318 6059. Nos casos de imóveis abandonados, ou seja, terrenos baldios, a população deve entrar em contato com a Secretaria de Ordem Pública pelo número 65 3616-9614. 

Segundo Oscarlino Alves, secretário-adjunto de Atenção Especializada em Saúde, é importante que a população entenda que a responsabilidade pela limpeza de imóveis particulares, abandonados ou não, são dos proprietários. 

“Recebemos muitas ligações de pessoas incomodadas com terrenos baldios, estas reclamações são encaminhadas à Secretaria de Ordem Pública e a pasta aplica multas e notifica o proprietário, é importante que a população saiba que é tecnicamente impossível que a prefeitura limpe terrenos que são de propriedade particular, essa é uma prerrogativa do proprietário”, afirmou o secretário.


 
Da Assessoria
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet