Cuiabá, quinta-feira, 19/09/2019
19:15:50
informe o texto

Notícias / Política

15/08/2019 às 11:21

Abílio pede a cassação de 'colega' por agressão

O vereador entrou com uma representação contra Renivaldo, ressaltando as diversas agressões físicas e verbais contra os demais parlamentares

Luana Valentim

Abílio pede a cassação de 'colega' por agressão

Foto: Reprodução da internet

O vereador Abilio Brunini (PSC) entrou com uma representação contra o seu colega de Parlamento, Renivaldo Nascimento (PSDB), pedindo a cassação do seu mandato por atos atentatórios ao decoro parlamentar, alegando que, de forma decorrente, o tucano vem extrapolando sua conduta em Plenário com agressões verbais e físicas a seus colegas.

Abílio destacou na representação que, no dia 16 de março de 2018, Renivaldo ofendeu e ameaçou o vereador Felipe Wellaton (PV) durante a sessão que tratava da Comissão Parlamentar de Inquérito do Paletó. O tucano teria perdido o controle em Plenário e partido para cima do seu colega.

“Renivaldo, inclusive, tentou tomar o celular das mãos de Wellaton, que filmava sua bancada, ofendeu e ameaçou o parlamentar. Ao ser informado sobre a acusação de quebra de decoro, Renivaldo, irritado, usou a tribuna para se defender e ameaçar o colega”, diz trecho da representação.

Na tribuna, Renivaldo negou a quebra de decoro e disse que fica revoltado de ver um cidadão eleito pelo povo não mostrar a que veio na Casa, a ‘não ser para chorar e fazer tipo’. “Não vai pisar na minha cabeça aqui não. Pode ter certeza. Vou te colocar no seu lugar”.

Outra acusação contra Renivaldo é a ameaça feita a seu colega Ricardo Saad (PSDB), após assinar a CPI da Saúde. Ele disparou ofensas e xingamentos contra Saad.

Abilio ressaltou a agressão física que o vereador Dilemário Alencar (Prós) sofreu por parte de Renivaldo em dezembro de 2018, na sala da presidência. O tucano desferiu um soco no peito de seu colega. O fato foi testemunhado por diversos parlamentares.

Também lembrou das diversas ameaças e agressões sofridas por Renivaldo, que já bateu em sua mão repetidas vezes e o chamou à antessala para um confronto físico.

“Ora excelência, é o poste mijando no cachorro, é a mais pura inversão de valores. Desta forma, seria melhor rasgar o Código de Ética de Decoro Parlamentar desta Casa de Leis, ou se criar um artigo que crie uma excludente de ilicitude caso seja o transgressor o senhor Renivaldo Nascimento”, disse na representação.

Ao final, Abílio pediu que a representação seja lida em Plenário e que Renivaldo apresente defesa prévia por escrito em 10 dias. Após, a Comissão de Ética processante emita um parecer dentro de cinco dias a respeito da denúncia.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet