Cuiabá, terça-feira, 22/09/2020
17:43:27
informe o texto

Notícias / Política

12/08/2020 às 18:52

PSD entra na corrida pelo comando do Palácio Alencastro

A medida atende a determinação da Executiva Nacional da legenda, que deliberou por candidatura própria em todas as capitais do país, e ainda em municípios com mais de 100 mil eleitores.

Kamila Arruda

Mais um partido resolveU encarar a disputa majoritária na Capital. Nesta terça-feira, o Partido Social Democrático (PSD) lançou o nome do empresário e atual grão-mestre das Grandes Lojas da Maçonaria em Mato Grosso, Geraldo Macedo, como pré-candidato a prefeito de Cuiabá.

A medida atende a determinação da Executiva Nacional da legenda, que deliberou por candidatura própria em todas as capitais do país, e ainda em municípios com mais de 100 mil eleitores.

“Trabalhamos arduamente para reestruturar o PSD em Cuiabá. O diretório municipal tem autonomia para construir uma candidatura majoritária e discutir o melhor projeto para a nossa cidade. Precisamos transformar, cada vez mais, Cuiabá em um centro de serviços, tecnologia, educação e turismo”, disse o empresário.

O nome de Macedo surgiu na política mato-grossense em 2018 quando disputou a eleição como primeiro suplente de Fávaro. Recentemente ele assumiu o comando da Executiva do partido em Cuiabá.

Diante disso, além de buscar meio de viabilizar a sua candidatura a prefeito de Cuiabá, ele ainda terá que articular a chapa de vereadores. "O partido ampliou e consolidou a sua base em Cuiabá, tornando-se uma sigla orgânica em vários setores, como no comércio, no movimento comunitário, entre outros. A nossa expectativa é dobrar ou triplicar a nossa representatividade no parlamento cuiabano", pontuou.

Atualmente, na Câmara o PSD tem apenas um vereador, que é o Clebinho. Na eleição passada, elegeu também Toninho de Souza, mas ele aproveitou a janela partidária para migrar para o PSDB.

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet