Cuiabá, sexta-feira, 18/09/2020
10:12:24
informe o texto

Notícias / Política

17/09/2020 às 00:09

Julier se lança candidato à prefeitura e afirma ser o único representante do povo

Petista compõe chapa pura com Professora Vera como sua vice e tem proposta de melhorias para a vida dos cuiabanos

Camilla Zeni

Julier se lança candidato à prefeitura e afirma ser o único representante do povo

Foto: Eduarda Fernandes/Leiagora

Apostando em seu posicionamento político de esquerda, o ex-juiz federal Julier Sebastião (PT) se lançou na disputa à Prefeitura de Cuiabá na noite desta quarta-feira (16), em convenção no Hotel Paiaguás. O petista diz não acreditar que a presença de outros fortes candidatos da oposição ao atual prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), possa atrapalhar na disputa.

A chapa petista sai de forma pura, com a Professora Vera Bertolini, da Universidade Federal de Mato Grosso, como candidata à vice de Julier. Ele acredita que a correligionária é uma forte representação à causa das mulheres, negros, jovens e aos mais pobres, em razão da militância exercida por ela. 

“Vamos colocar uma nova perspectiva para nossa cidade, de melhoria da vida das famílias cuiabanas, e voltando já com a experiência dos governos petistas, que colocaram sempre aquele que é o mais vulnerável como prioridade, e é isso que vamos fazer aqui em Cuiabá. Então é muita responsabilidade”, comentou o ex-juiz.


Atualmente, Julier concorre com outros sete políticos pela chave do Alencastro, entre eles Emanuel, que não compareceu na própria convenção. No entanto, o petista apontou que, com exceção dele, todos são candidatos apoiam as ideias do presidente Jair Bolsonaro, sendo o fato de ser oposição seu maior diferencial.

Julier também aposta que a população consegue distinguir a atuação do governo bolsonarista e do governo petista, o qual classificou como de total descaso com a população. Em cenário local, destacou que a desigualdade só pode ser aplicada se for ao contrário do que se vê nos dias de hoje: “aqueles que são desiguais, aqueles que mais precisam, devem ter a atenção devida”.

Nas propostas, o petista coloca políticas de transporte e infraestrutura, e defende aproximação do município com o governo estadual, ainda que este também seja solidário ao governo Bolsonaro. “Vamos nos relacionar institucionalmente, mas fazendo aquilo que a urna vai reconhecer: a legitimidade do prefeito para falar em nome dos cuiabanos”, adiantou.

O ex-juiz também mencionou que, ao longo da campanha, não deverá passar em branco o episódio conhecido como “caso do paletó”, no qual Emanuel Pinheiro foi flagrado, quando deputado estadual, recebendo maços de dinheiro na gestão do ex-governador Silval Barbosa. 

“Vamos falar das melhorias na vida dos cuiabanos, mas evidentemente os que estão na arena pública estão sujeito ao tratamento de questões que são públicas. E o prefeito precisa se explicar. Até o momento não há nenhuma explicação para isso”, finalizou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet