Cuiabá, quarta-feira, 28/10/2020
01:26:10
informe o texto

Notícias / Política

15/10/2020 às 10:33

Emanuel libera evento para 300 pessoas, mas se recusa a ir em debate por ‘biossegurança’

O candidato à reeleição enviou nota a imprensa uma hora antes do início do primeiro debate televisivo com candidatos à Prefeitura de Cuiabá

Camilla Zeni

Emanuel libera evento para 300 pessoas, mas se recusa a ir em debate por ‘biossegurança’

Foto: Marcus Mesquita/Assessoria

Em menos de 24 horas após editar decreto permitindo a realização de eventos sociais com até 200 pessoas, e corporativos com 300, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), candidato à reeleição no pleito de 2020, usou a “aglomeração em espaços fechados” como justificativa para anunciar sua ausência no primeiro debate televisivo realizado com candidatos à Prefeitura de Cuiabá. 

Em nota enviada à imprensa, a menos de uma hora para o início do debate, a assessoria do prefeito alegou que “as medidas de biossegurança para evitar a propagação do novo coronavírus devem ser respeitadas”. Ainda, que a exposição a espaços fechados que possibilitam aglomeração de pessoas “representa riscos à saúde do candidato, sua equipe e profissionais da comunicação”.

A ausência de Emanuel no primeiro debate já era especulada desde a manhã de quarta-feira (14). Contudo, a assessoria alegou que ainda não tinha confirmação da ausência do prefeito. Até então, sua presença estava confirmada para equipe da emissora, inclusive com os assessores devidamente credenciados. 

Leia também - ​Novo decreto libera cinema e altera horários do comércio, academias e shoppings em Cuiabá

A justificativa do prefeito causou estranheza nos moradores da cidade, que tiveram a liberação de diversas atividades ainda nessa quarta-feira. O decreto, justificado com análises técnicas do Comitê de Enfrentamento da covid-19, autorizou o retorno de cinema e teatro, e ainda aumentou o número de pessoas permitidas em eventos sociais e profissionais. 

Além disso, apesar de usar a aglomeração dos profissionais de comunicação como justificativa para faltar ao debate, Emanuel compareceu em diversos atos de campanha, nos quais esteve envolto de diversos apoiadores, o que foi comprovado pela própria assessoria do prefeito com imagens.


Ainda cabe destacar que na noite de ontem, a esposa do prefeito, Márcia Kuhn, esteve no lançamento da candidatura à Prefeitura de Várzea Grande do filho mais velho de Emanuel, o deputado federal e Emanuelzinho Neto (PTB). O evento, realizado no bairro Jardim Paula I, em Várzea Grande, reuniu milhares de apoiadores.

Apesar da falta, Emanuel garantiu que vai se pronunciar nesta quinta-feira, por meio de entrevista coletiva a ser transmitida por suas redes sociais, a partir das 16 horas.

Abaixo, confira a nota do candidato à reeleição:

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, candidato à reeleição pela Coligação “A Mudança Merece Continuar” informa:

- as medidas de biossegurança para evitar a propagação do novo coronavírus devem ser respeitadas;

 - que a exposição a espaços fechados, que possibilitem a aglomeração de pessoas, representa  riscos à saúde do candidato, de sua equipe e de profissionais da comunicação;

- o prefeito avalia que  o exemplo da TV Centro América que optou pela suspensão dos debates em primeiro turno no pleito eleitoral de 2020 deve ser seguido; 

- por fim, reitera sua defesa a exposição do plano de governo e de propostas para fomento ao crescimento da cidade e deixará de participar de qualquer  debate que gere riscos à saúde das pessoas e que seja constituído em um formato que fuja a compreensão dessa premissa.

O prefeito Emanuel Pinheiro informa que concederá coletiva on-line na data de hoje (15), a partir das 16h, por meio de suas redes sociais. 

Cada jornalista de um veículo de comunicação poderá encaminhar uma pergunta em tempo real ao prefeito, por meio do grupo criado no Whatsapp. A coletiva terá duração de 1h.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet