Cuiabá, sábado, 27/02/2021
14:58:53
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

22/01/2021 às 14:40

Emanuel recusa discutir BRT

Leiagora

Emanuel recusa discutir BRT

Foto: Giuseppe Feltrin/Aquivo Leiagora

Ao mesmo em que se indigna com a decisão do Governo de Mato Grosso de trocar o VLT por BRT, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), se recusa a dialogar com o Executivo estadual. Ele já faltou a duas reuniões com o governo e, agora, decidiu criar sua própria comissão técnica para analisar a viabilidade dos modais.

Um diálogo do governo com o município é o que Emanuel alega querer. Ao menos foi o que afirmou em sua ações judiciais, que não lhe foram favoráveis. No entanto, seu orgulho se sobrepôs ao interesse público e o levou a recusar as reuniões com o Estado, atrapalhando as negociações do novo modal. 

Cabe destacar que a Justiça, aliás, já desmentiu a alegação de que o prefeito não teve acesso aos estudos técnicos do governo. De acordo com o desembargador Mário Kono, do Tribunal de Justiça, uma cópia integral foi anexa a um ofício do Governo encaminhado à Prefeitura. 

Fato é que, na primeira reunião, apenas o prefeito de Várzea Grande apareceu e saiu bastante convencido com a mudança, aliás. O democrata ainda avaliou a possibilidade de expandir o BRT pela cidade, e disse fazer questão de que a implantação do BRT comece por lá. 

Enquanto isso, Emanuel falta a mais uma reunião, agendada para esta sexta-feira (22), e cria sua própria comissão técnica para analisar os estudos do governo. Nessa briga toda, graças ao orgulho do prefeito, os cuiabanos não verão nem VLT e nem BRT tão cedo. Para o deputado Max Russi, quiçá nem nos próximos 10 anos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet