Cuiabá, sábado, 12/06/2021
20:04:23
informe o texto

Notícias / Geral

24/04/2021 às 13:00

Roberto Jefferson diz que Bolsonaro deve se filiar ao Patriota

Presidente do PTB, que esteve com Jair Bolsonaro em agenda no Norte na sexta-feira, disse que conversou com presidente sobre coligações

Metrópoles

Roberto Jefferson diz que Bolsonaro deve se filiar ao Patriota

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson, disse neste sábado (24/4) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se encaminha para se filiar ao Patriota.

Jefferson esteve com o presidente em Belém (PA) na sexta-feira (23/4), para entrega de cestas de alimentos a comunidades tradicionais do Pará. Ele disse ter combinado com Bolsonaro para tratar de coligações nos estados para os cargos de governador e senador.

A conta oficial de Roberto Jefferson no Twitter está retida desde julho de 2020, após o delator do Mensalão disparar ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ele tem usado outro perfil para se comunicar.

Filiação de Bolsonaro

Bolsonaro está sem partido desde novembro de 2019, quando se desentendeu com a cúpula do PSL. Na ocasião, ele anunciou a intenção de fundar uma agremiação própria – o Aliança pelo Brasil, em novembro de 2019.

O Aliança, porém, ainda está longe do número mínimo de assinaturas necessárias para registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o próprio Bolsonaro já admitiu que ela não deve sair do papel a tempo das eleições de 2022.

Em fevereiro, Bolsonaro sinalizou que escolheria o Patriota, dizendo que estava “namorando” o partido. Ele, no entanto, não quis cravar a escolha. “Eu estou namorando vários partidos, entre eles o Patriota. Mas eu não posso ir para um partido que eu não tenha autoridade”, afirmou.

No entanto, o partido tem poucos recursos nos fundos partidário eleitoral e reduzido tempo de TV. Com apenas 6 deputados federais e nenhum senador, a sigla recebeu R$ 35, 1 milhões nas eleições municipais de 2020. Em comparação, o PSL teve acesso a R$ 199,4 milhões.

Em março, o mandatário do país afirmou que buscava um partido do qual seria “dono”. A exigência de Bolsonaro é avaliada como peça chave para uma “disputa equilibrada” com Lula.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet