Cuiabá, terça-feira, 23/04/2024
17:21:14
informe o texto

Notícias / Judiciário

19/01/2024 às 12:55

CASO ZAMPIERI

MP recorrerá de decisão que soltou empresária acusada de mandar matar advogado

O órgão ministerial não está de acordo com o despacho do juiz João Bosco Soares da Silva, do Núcleo de Inquéritos Policiais (NIPO)

Kamila Arruda

MP recorrerá de decisão que soltou empresária acusada de mandar matar advogado

Foto: Assessoria

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) irá recorrer da decisão que determinou a soltura da empresária Maria Angélica Caixeta Gontijo, suspeita de mandar executar o advogado Roberto Zampieri.

O órgão ministerial não está de acordo com o despacho do juiz João Bosco Soares da Silva, do Núcleo de Inquéritos Policiais (NIPO), que acolheu os argumentos da defesa e concedeu liberdade à suspeita, condicionado ao uso de tornozeleira eletrônica e outras medidas cautelares.

A decisão foi proferida nessa quinta-feira (18), mesma data em que foi prorrogada a prisão temporária do atirador Antônio Gomes da Silva e o intermediador Hedilerson Barbosa.

Leia também - Justiça solta empresária suspeita de mandar executar advogado e impõe uso de tornozeleira

Vale ressaltar que o Ministério Público manifestou favorável à prorrogação da prisão temporária dos envolvidos.

Crime

advogado Roberto Zampieri foi assassinado a tiros na noite do dia 5 de dezembro de 2023, no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. O crime ocorreu quando ele saía do seu escritório de advocacia, localizado na Rua Topázio.

Ele foi executado com ao menos 10 tiros, por volta das 19h40 da noite, quando entrava dentro do próprio carro, um Fiat Toro. Zampieri não resistiu e veio a óbito no local.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet