Cuiabá, quarta-feira, 24/04/2024
17:59:14
informe o texto

Notícias / Política

23/02/2024 às 08:36

FECHADO COM BOTELHO?

“É um homem partidário”, diz Júlio ao afastar possível apoio de Garcia à candidatura de Abílio

Deputado destacou que escolha pelo nome do presidente da AL na disputa por Cuiabá surgiu do desejo da maioria dos membros do União Brasil

Da Redação - Amanda Garcia / Do Local - Paulo Henrique Fanaia

“É um homem partidário”, diz Júlio ao afastar possível apoio de Garcia à candidatura de Abílio

Foto: Foto: Paulo Henrique Fanaia / Leiagora

O deputado estadual Júlio Campos (União Brasil) afastou, nesta quinta-feira (22), qualquer possibilidade do deputado federal e secretário-chefe da Casa Civil, Fabio Garcia (União Brasil), apoiar à candidatura do deputado federal Abilio Brunini (PL) na disputa pela Prefeitura de Cuiabá.

Isso, porque, apesar da intensa ‘disputa’ entre Garcia e o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (União Brasil), pela cabeça de chapa da sigla nas eleições deste ano, a tendência é de que, por ser “um homem partidário e fundador da sigla”, ele apoie a candidatura do correligionário.

“O Fabio é um homem partidário, é um cidadão que é fundador da União Brasil, ele chegou a ser filiado ao DEM, quando o DEM tornou-se União Brasil, o Fábio foi o seu primeiro presidente. Nesse momento, a candidatura do deputado Eduardo Botelho foi uma candidatura que surgiu do desejo da maioria, não só dos filiados, dos dirigentes, dos deputados estaduais, deputados federais, senadores e dos partidos aliados. O governador ouviu a todos nós, eu fui chamado no Palácio, conversei com o governador e dei meu ponto de vista, e assim ele fez com todos os políticos que têm voto, que têm respaldo político”, disparou à imprensa.

Ressentido

Apesar da projeção de Júlio, Fábio afirmou ainda nesta quinta-feira, que o União Brasil não poderia cobrar o 'lealdade', insinuando a possibilidade de seguir em apoio à candidatura de Abilio na disputa pelo Palácio Alencastro. 

Martelo batido

A definição pelo nome de Botelho como candidato do União Brasil foi anunciada pelo governador Mauro Mendes, atual presidente estadual da sigla, no dia 15 de fevereiro, logo após o feriado de Carnaval e intensas reuniões na quarta-feira de cinzas.

A indefinição do partido quanto ao nome que assumiria à disputa pela Capital vinha se arrastando desde o ano passado. Mendes, sempre deixou claro a sua preferência por Garcia, mas não pôde cravá-lo como candidato devido a pressão das demais lideranças do partido, que defendiam, com unhas e dentes, o nome de Botelho.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet