Cuiabá, quinta-feira, 28/05/2020
17:31:44
informe o texto

Notícias / Judiciário

16/05/2020 às 08:56

Conselheira aponta 'desleixo' na saúde, mas vota pela aprovação das contas de Pinheiro

Um pedido de vistas do conselheiro interino Isaias Lopes da Cunha adiou a votação das contas anuais de 2018 de Cuiabá

Kamila Arruda

Conselheira aponta 'desleixo' na saúde, mas vota pela aprovação das contas de Pinheiro

Foto: Assessoria

Um pedido de vistas do conselheiro interino Isaias Lopes da Cunha adiou a votação das contas anuais do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), referente ao ano de 2018 no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Apesar de alguns apontamentos, a relatora do processo, conselheira interina Jaqueline Jacobsen, se posicionou no sentido de aprovar o balancete. O julgamento ocorreu na quinta-feira (14).

O voto dela foi acompanhado pelos conselheiros interinos Luiz Henrique Lima, e João Batista de Camargo. Já os conselheiros Guilherme Maluf e Moisés Maciel optaram por aguardar o voto vistas para se posicionar quanto ao processo.

As principais críticas da conselheira em seu voto foram com relação à área da saúde. Jacobsen, dentre outras coisas, citou a gestão "conturbada" do médico Huark Douglas Correa à frente da Secretaria Municipal de Saúde.

Huark foi exonerado do cargo em dezembro de 2018 após ter sido preso durante Operação Sangria, deflagrada pela Delegacia Fazendária para apurar a existência de suposta  organização criminosa que montou um esquema para monopolizar a saúde em Mato Grosso.

A conselheira chegou até a dizer que houve desleixo por parte do ex-secretário na condução da pasta, uma vez que, além de apresentar um declínio de 23% dos investimentos na área em relação ao ano de 2017, a Corte de Contas recebeu uma série de denúncias referentes à gestão de Huark, o qual teve suas contas de gestão de 2018 julgadas irregulares pelo Tribunal.

"Neste ano o Tribunal julgou vários processos afetos a Secretaria de Saúde de Cuiabá que demonstraram um certo “desleixo” com a saúde pública. Foram 18 denúncias, 8 representações de natureza externa, 7  representações de natureza interna, somente na gestão do senhor Huark Douglas Correia", completou.

O processo deve retornar à pauta de votação ma próxima semana com a apresentação do voto vista por parte do conselheiro Isaias.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet