Cuiabá, sábado, 28/11/2020
21:01:48
informe o texto

Notícias / Política

13/10/2020 às 11:20

Medeiro chama Fávaro de 'mentiroso' e diz que ele atua a mando de Erai

De acordo com o deputado federal, o social democrata desfez de seus apoiadores ao tentar enaltecer o trabalhado no Senado Federal.

Kamila Arruda

Medeiro chama Fávaro de 'mentiroso' e diz que ele atua a mando de Erai

Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

O deputado federal José Medeiros (Podemos) disparou a metralhadora contra o senador interino Carlos Fávaro (PSD), seu concorrente no pleito suplementar rumo ao Senado Federal. O parlamentar classificou o social-democrata como “mentiroso” e ainda disse que ele estaria atuando a mando do empresário Eraí Maggi.

“Quando agente assiste o Fávaro se pergunta: meu Deus onde esse menino aprendeu a mentir tanto?”, diz Medeiros fazendo referência a um ato político realizado pelo senador interino durante a campanha eleitoral.

De acordo com o deputado federal, Fávaro, inclusive, já desfez dos próprios apoiadores que ocuparam cadeira no Senado Federal. “Esse dias ele [Fávaro] foi fazer um lançamento e eu achei interessante, porque ele tem vários senadores apoiando ele, Cidinho e tals, e ele faz um discurso dizendo que em três dias de mandato, ele tinha conseguido trabalhar mais que todos os senadores de Mato Grosso em 16 anos, e esta lá estes senadores. A mentira que ele contou humilhou os apoiadores dele”, completou.

Para o parlamentar, o senador interno apenas conseguiu realizar um trabalho com suas emendas impositivas que beneficia somente o governador Mauro Mendes (DEM).

“Mentira tem perna curta. A grande verdade é que a única coisa que ele fez foi com as emendas dele, e não mandou pra nenhum município, não beneficiou nenhum município, deu para o apoiador principal dele, o governador Mauro Mendes”, enfatizou.

Medeiros afirma que Fávaro está atendendo aos interesses de grandes empresários do Estado e cita Erai Maggi. “A outra coisa foi atender o dono dele. Provavelmente foi o Erai que mandou ele votar com os bancos, contra o agronegócio, porque só pode ser a pedido. Ele diz que defende o agro e como que foi votar a favor do bancos? Quero que o Erai fiquei mais rico ainda, mas ele não pode ter um senador pra chamar de seu. Senador tem que ser do estado de Mato Grosso”, disparou.

Por fim, o parlamentar ainda disse que se tivesse ocupando uma cadeira no Senado teria pedido o impeachment de Fávaro, devido a uma propaganda de disparo em massa feito whatsapp.

De acordo com ele, Fávaro tentou chamar a atenção dos eleitores utilizando foto de uma mulher no início de um vídeo, no qual ele divulga as suas ações como senador. “Sem caráter, sem respeito pela esposa. Se eu tivesse no senado pedia o impeachment dele por quebra de decoro”, finalizou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet