Cuiabá, quinta-feira, 21/01/2021
10:32:45
informe o texto

Notícias / Política

13/01/2021 às 16:06

Bezerra diz que Emanuel não o procura e o aguarda decidir se deixa o MDB

Presidente regional do partido, deputado Carlos Bezerra afirma que briga está atrapalhando e espera conversa para resolver os problemas

Camilla Zeni

Bezerra diz que Emanuel não o procura e o aguarda decidir se deixa o MDB

Foto: Camilla Zeni/Leiagora

A rachadura causada no MDB durante as eleições de 2020 ainda está longe de ser consertada. Isso porque, ao que parece, uma das partes envolvidas no problema, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), tem evitado conversar com o presidente regional da sigla, o deputado federal Carlos Bezerra. 

“O Emanuel não me procurou até hoje. Então, eu tô aguardando, está tudo paralisado. Vamos deixar passar a questão da presidência da Câmara [Federal] e mês que vem vamos tratar disso”, disse o parlamentar ao deixar o Palácio Paiaguás, na manhã desta quarta-feira (13). 

Desde que Emanuel e a deputada Janaina Riva (MDB) romperam, após o prefeito citar o histórico de corrupção do pai da parlamentar, o ex-deputado José Riva, e descredenciá-lo, Bezerra tenta fazê-los conversar e acabar com a disputa interna que a briga provoca. Uma das repercussões, inclusive, resulta na falta de presidência no diretório municipal. 

Leia também - Sem clima no MDB, Janaína Riva volta a sugerir que Emanuel deixe sigla

 
Janaina Riva chegou a ser nomeada presidente do partido pelo deputado Carlos Bezerra, que não assinou formalmente o ato por ter contraído a covid-19. Contudo, Emanuel comprou a briga em favor do então presidente municipal, o advogado Francisco Faiad, polarizando com Janaina, mais uma vez, a briga interna.

De acordo com Bezerra, até mesmo a decisão sobre a presidência municipal está no “stand-by”, aguardando uma conversa com o prefeito da Capital. O cacique diz que, no caso, aguarda para avaliar a posição de Emanuel diante de suas decisões.

“O partido está aguardando para resolver de cabeça fria. Agora, vai depender muito da posição do Emanuel Pinheiro. Qual que é a discussão dele? De ficar no partido? De sair do partido? Nós não sabemos. Deixa dúvida a respeito disso. Ele não conversou, até agora, sobre isso”, ponderou o deputado, que criticou o "bombardeio" de Emanuel e seus aliados aos membros do MDB.

Segundo o parlamentar, a especulação sobre a saída do prefeito da sigla se acirrou após a briga da eleição municipal, que provocou, inclusive, uma movimentação interna já aguardando a saída do prefeito.

“Agora ele diz que não quer sair e quer marcar para conversar, mas não conservamos até hoje. Estamos aguardando. Mas é um problema que não partidou do partido. Poderiam estar felizes
porque ganharam a eleição, mas preferiram agredir. Houve um tiroteio inoportuno. Agora vamos ver. Esperar baixar a poeira para resolver ”, finalizou.

Apesar de afirmar que vai aguardar Emanuel para resolver sobre a direção municipal, Bezerra também garantiu que a decisão será, exclusivamente, sua, descartando a possibilidade de eleição direta.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet