Cuiabá, terça-feira, 13/04/2021
22:21:46
informe o texto

Notícias / Política

06/04/2021 às 16:00

Gilberto rebate críticas de Janaína e desmente que prefeitos não sabem o que fazer

Deputada avaliou que prefeitos estariam desorientados, mas o secretário garantiu que informação chega para todos

Camilla Zeni

Gilberto rebate críticas de Janaína e desmente que prefeitos não sabem o que fazer

Foto: Camilla Zeni/Leiagora

O secretário de Estado de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo (DEM), rebateu críticas recebidas da deputada estadual Janaina Riva (MDB) sobre suposta falta de liderança na coordenação da campanha de vacinação nos municípios do interior de Mato Grosso. 

Em entrevista à imprensa, o gestor garantiu que todos os prefeitos são orientados pela SES e pelo Conselho Estadual dos Secretários de Saúde (Cosems), de forma que a fala da deputada, de que os gestores estariam "perdidos" no combate à pandemia, seria equivocada. 

Leia também - Emanuel vê Estado perdido no combate à covid e toque de recolher como 'capricho pessoal'

“Eu respeito a opinião dela, mas não concordo 100%. Não tem nenhum prefeito que até hoje não saiba o que é imunizar a população. A imunização da covid não é nenhuma diferente das demais. Como será, então, daqui a 10 dias, quando começar a vacina da influenza? Não tem nada de especial que não seja fazer aquilo que é a expertise do SUS, de décadas”, garantiu Gilberto, na saída do Palácio Paiaguás, nessa segunda-feira (5).

O comentário de Janaína foi feito horas antes, também em entrevista à imprensa, na Assembleia Legislativa. Na ocasião, a deputada comentou sobre o baixo índice de aplicação de doses de imunizantes contra a covid-19, que tem deixado Mato Grosso em último lugar no ranking nacional de vacinação. 

Segundo Janaina, alguns prefeitos estariam “desorientados” na campanha de vacinação. Ela comentou que, recentemente, o Governo Federal teria mudado a orientação sobre a aplicação das doses, no sentido de que os municípios não precisariam mais estocar metade dos imunizantes que recebem para aplicar como segunda dose.

"Toda orientação aos prefeitos é feita pela Secretaria de Estado de Saúde e por uma entidade chamada Cosems. As resoluções são realizadas em conjunto com os secretários municipais de Saúde. Quanto à publicidade, tem publicação no diário oficial. Então, essa reclamação não tem muito efeito", comentou Gilberto, ainda sobre as críticas de Janaína.

"O momento mais fácil dessa pandemia são as críticas. Mas tem que criticar e também fazer. Nós estamos fazendo tudo o que nós podemos. Eu estou dando a minha vida nessa função, dedicando muito”, completou o secretário, que já ficou internado após ter se contaminado com a covid-19. 

A relação de baixa aplicação de doses contra o vírus em Mato Grosso também já tem sido amplamente rebatida pelo governo estadual. Segundo Gilberto, mais de 95% das doses recebidas pelo Estado foram distribuídas aos municípios. No entanto, a explicação para o baixo percentual de aplicação de doses seria a falta de alimentação nos sistemas por parte das secretarias municipais de Saúde. O governo tem feito uma campanha exaustiva para tentar mudar o cenário.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet