Cuiabá, terça-feira, 11/05/2021
19:19:49
informe o texto

Notícias / Política

04/05/2021 às 09:37

PSDB começa movimentação para buscar nomes para a eleição de 2022

A preocupação da sigla se dá por conta das novas regras eleitorais que veta a coligação nas eleições proporcionais, e ainda devido ao desempenho pífio do partido na eleição de 2018.

Alline Marques

PSDB começa movimentação para buscar nomes para a eleição de 2022

Foto: Reprodução

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) terá grandes dificuldades em garantir a sua permanência na Assembleia Legislativa no pleito do ano que vem. Por conta disso, a legenda já vem buscando estratégias para formação de sua chapa proporcional desde o início desse ano.

A preocupação da sigla se dá por conta das novas regras eleitorais que veta a coligação nas eleições proporcionais, e ainda devido ao desempenho do partido na eleição de 2018. O partido garantiu duas vagas na Assembleia com Wilson Santos (PSDB) e Guilherme Maluf, que acabou deixando o cargo, para assumir uma cadeira no Tribunal de Contas do Estado. 

A vaga foi assumida por Carlos Avalone, que ainda corre o risco de perder o mandato, já que foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por caixa 2 e abuso de poder econômico. Ele ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, mas caso a decisão se confirme, ele ainda corre o risco de ficar impedido de disputar a reeleição.

Diante disso, nos bastidores, a conversa, inclusive, é de que Avalone já busca fazer um sucessor. Caso não consiga disputar a reeleição, ele pode vir a apoiar o ex-vereador Ricardo Saad (PSDB). Isto porque, além de fazer um sucessor, ainda garante a primeira suplência de vereador a sua esposa, Maria Avalone.

Já Wilson Santos deve buscar a reeleição, mas o desgaste acumulado ao longo dos anos pode dificultar os seus planos. Na última eleição, inclusive, o parlamentar quase ficou de fora da Assembleia legislativa. Ele obteve apenas 14.855 votos.

Lembrando que, em 2018 a legislação eleitoral ainda permitia a formação de coligações na eleição proporcional.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet