Cuiabá, quarta-feira, 29/05/2024
13:46:55
informe o texto

Notícias / Bem-estar

22/10/2023 às 15:25

EM CUIABÁ

Vídeo | Sustentabilidade, conforto térmico e resgate da arte regional marcam a Casacor 2023

A mostra ficará aberta ao público entre os dias 24 de outubro a 10 de dezembro, no Hotel Cuyabá Gold

Gabriella Arantes

<Font color=Orange> Vídeo </font color> | Sustentabilidade, conforto térmico e resgate da arte regional marcam a Casacor 2023

Foto: Gabriella Arantes/Entretê

Sustentabilidade, conforto térmico e valorização da arte regional marcam a nova edição da mostra de Arquitetura e Decoração da América Latina, a Casacor. O evento será aberto ao público entre os dias 24 de outubro a 10 de dezembro, no Hotel Cuyabá Gold.

Com o tema ‘Corpo & Morada’, o evento deste ano espera receber pelo menos 20 mil visitantes. Ao todo, são 33 ambientes divididos em cerca de 3 mil metros quadrados, com as principais tendências mundiais em design e decoração.

Utilizando a bioconstrução, a arquiteta Giovanna Trojan preparou um espaço dedicado à meditação. Ela ainda empregou o uso do adobe e fontes de água como forma de deixar o ambiente mais fresco e relaxante.

“É um ambiente de boas vindas e ele é ligado à cura prânica. Ele é um ambiente mais minimalista, interligado com a cura prânica e com o FengShui. Então foi
tudo pensado harmonicamente para trazer bons fluidos e se sentir bem quando entrar na mostra. [...] A gente utilizou no ambiente uma técnica de bioconstrução, que é feito por uma pessoa aqui de Cuiabá mesmo, buscando sempre enaltecer as pessoas da cidade, que fazem um trabalho incrível. Isso faz com que o ambiente seja mais climatizado. O barro esquenta menos, sem contar com a sensação que a terra traz, que é o aconchego”, disse ao Entretê neste domingo (22).

O município de Chapada dos Guimarães foi homenageado na mostra através do ambiente criado pela arquiteta Clenia Ribeiro. Ela também utilizou obras de artistas regionais para compor o espaço.

“Cada cantinho e cada aspecto foi pensado de forma muito carinhosa e de forma poética. Por exemplo, nós temos no piso detalhes em recortes para que sejam lembradas as nossas águas cristalinas. No nosso teto nós temos essa volumetria com um tecido que é bem fluído que é o linho para lembrar os ventos que nós temos em Chapada. E a gente tem muito designer biofísico que é a interferência das plantas para trazer mais naturalidade e tranquilidade para dentro dos espaços", descreve.

Clenia ainda elenca referências artísticas, como "Mariana Neles que é uma artista cuiabana e mineira. Temos também a Drica que é excelente e tem um quadro dela ao fim do nosso espaço. Nós também temos o ateliê Fuzuê que é a proprietária é a Rosilene, ela cedeu algumas peças”.

Hugo Queiroz, um dos diretores da Casacor Mato Grosso, diz que a temática desta edição evidencia como o ambiente residencial deve ser acolhedor e aconchegante, fatores que foram notórios com a pandemia de Covi-19. “Esse tema fala sobre a era do cuidado. Nesse período da pandemia, as pessoas se recolheram em suas residências. E a pandemia deixou muito em evidência a necessidade do cuidado com sigo mesmo, com o nosso corpo, saúde e também com a nossa morada. Com o nosso espaço que é extensão dos nossos corpos. A gente considera que o nosso corpo é a morada também do nosso espírito e a nossa casa é o nosso castelo. É onde a gente se recolhe e se veste de si mesmo é onde você se encontra verdadeiramente com sigo mesmo”.

O jornalista ainda lembra a constante presença do verde, uma marca frequente em diversos espaços. A sustentabilidade também foi pensada em todos eles.

“Existe uma preocupação sobre o impacto ambiental que é gerado nesse processo de obra. Então a gente firmou uma parceria com o projeto Siminina. A ideia é que parte do material utilizado na Casacor seja destinado para a reforma de uma unidade do Siminina. Você tem dois aspectos aí, o da sustentabilidade, do impacto ambiental e também do social. [...] A gente orienta os profissionais desde o início da fase de obra a por exemplo assentar o piso, a fazer isso de uma maneira que possa retirar após a mostra. Sem que haja quebra quebra, então esse processo de desmontagem é extremamente cauteloso”, finalizou.




Casacor Mato Grosso

O evento espera receber pelo menos 20 mil visitantes este ano. São 33 ambientes, divididos em cerca de 3 mil metros quadrados, com as principais tendências mundiais e sob a responsabilidade de arquitetos e designer de interiores do mercado local. O ingresso para participar custa R$ 90,00.

De acordo com os organizadores, no dia 22 de outubro, será realizada uma ‘Avant Première’ para apresentação dos espaços para a imprensa e convidados. A abertura ao público se dará no dia 24 de outubro. O início das obras está marcado para ocorrer no dia 17 de julho.

A mostra funciona de terça a domingo das 15h às 22h (com exeção do Dia dos Finados, 2 de novembro, quando ficará fechado)
Clique AQUIentre no grupo de WhatsApp do Entretê e receba notícias de Cultura e programações artísticas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet