Cuiabá, segunda-feira, 15/04/2024
01:22:59
informe o texto

Notícias / Eleições

30/10/2022 às 16:45

Eleições terminam em MT com 18 pessoas detidas; maioria tentou filmar voto

Ao todo, a justiça eleitoral registrou 45 ocorrências, dentre elas, duas de boca de urna e uma por transporte irregular

Alline Marques

Eleições terminam em MT com 18 pessoas detidas; maioria tentou filmar voto

Foto: Leiagora

As eleições em Mato Grosso terminaram com 18 pessoas conduzidas para a delegacia, a maioria por causar desordem, principalmente, por tentar filmar ou fotografar o voto. Ao todo, foram 45 ocorrências registradas pela Justiça Eleitoral, que divulgou às 17h20 o último boletim consolidado com o balanço das ações deste domingo (30), em que ocorreu o segundo turno das eleições presidenciais. 

Os dados repassados pelo TRE-MT apontam que das 45 ocorrências, 34 delas estavam relacionadas a eleitores que insistiram em usar o celular na hora de votar. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já havia determinado que seria proibido o uso do aparelho durante a votação, justamente para impedir a compra de voto ou o assédio eleitoral, além de garantir o direito ao voto secreto. 

Os registros relacionados à ação de tentativa de filmagem ocorreram nas cidades de Primavera do Leste, Peixoto de Azevedo, Querência, Chapada dos Guimarães Campinápolis, Rondonópolis, Nova Canaã do Norte, Santo Antônio do Leste, Jaciara, Guiratinga, Canarana, Primavera do Leste, Sorriso, Várzea Grande, Santo Antônio do Leverger, Campo Novo do Parecis, Claudia, Novo São Joaquim, Juara, Barra do Garças, Canabrava do Norte, Barra do Bugres,  Cotriguaçu, Dom Aquino, Cuiabá, União do Sul, Alto Araguaia, Denise, Pedra Preta, Colíder e Porto Alegre do Norte. 

Também houve uma ocorrência em que necessitou da troca de urna, que foi em Brasnorte. Onde um eleitor, não identificado, usou cola instantânea e bloqueou as teclas 1 e 3. Assim que os mesários foram comunicados, foi efetuada a troca do equipamento. 

Em Sapezal, a PM registrou uma ocorrência de boca de urna em que foram usadas caixas de som para divulgar um candidato. Outra ocorrência de boca de urna ocorreu em Nova Mutum, na qual resultou na apreensão de aparelho celular, cartões bancários e o título de eleitor. Já em Chapada, um outra ocorrência foi de propaganda irregular. Em Colíder, o registro foi de uma pessoa que teria votado no lugar de outra. 

Em Querência, uma pessoa foi conduzida por realizar o transporte irregular de eleitor, o que também é crime eleitoral. Em Lucas do Rio Verde, uma pessoa foi detida por desordem.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet