Cuiabá, quinta-feira, 18/07/2024
14:28:18
informe o texto

Notícias / Política

17/12/2023 às 13:13

TRANSIÇÃO

Vereadores devem se reunir na segunda para definir membros de comissão que irá acompanhar o fim da intervenção

Proposta pelo vereador Luiz Fernando, a comissão vai acompanhar o retorno da gestão da pasta da Saúde para a administração municipal

Paulo Henrique Fanaia

Vereadores devem se reunir na segunda para definir membros de comissão que irá acompanhar o fim da intervenção

Foto: Câmara de Cuiabá

Os vereadores por Cuiabá devem se reunir nesta segunda-feira (18) para escolher os parlamentares que irão compor a comissão para acompanhar o fim da intervenção estadual na saúde pública de Cuiabá. A escolha dos vereadores deve acontecer durante a reunião do Colégio de Líderes no período da manhã.

Proposta pelo vereador Luiz Fernando (Republicanos), a comissão vai acompanhar o retorno da gestão da Secretaria de Saúde para a administração municipal. “O objetivo é trazer transparência de tudo que foi realizado. Claro que sabemos que o processo de intervenção sanou sérios problemas, mas não conseguiu resolver todos. Até as 30 unidades que deveriam ser entregues à população até o final da intervenção, o atraso dessas obras. Então precisa se manter. O prefeito Emanuel tem que manter a celeridade de tudo que já está acordado”, afirma o vereador.
 
O parlamentar afirma que a comissão deve ser formada por três membros, sendo ele o presidente e os outros dois devem sair da Comissão de Saúde da Câmara, que é composta pelos vereadores Wilson Kero Kero (Podemos), Ricardo Saad (PSDB) e Sargento Vidal (MDB).
 
Nesta semana, o Ministério Público de Mato Grosso celebrou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura de Cuiabá, representado pela interventora da Saúde Danielle Carmona, com obrigações a serem cumpridas, independente de quem estiver à frente da Secretaria Municipal de Saúde.

O acordo foi construído com a participação do Tribunal de Contas do Estado e é uma forma de garantir a manutenção e a necessária melhoria dos serviços públicos municipais de saúde na capital mato-grossense. A proposta, no entanto, precisa ser validada pelo desembargador do Tribunal de Justiça, Orlando Perri, relator da ação na qual a intervenção foi autorizadas.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet