Cuiabá, sábado, 08/08/2020
16:01:54
informe o texto

Notícias / Política

08/07/2020 às 13:31

Após acionar a Justiça, governo aguarda chegada de 50 respiradores ainda nesta quinta

Os aparelhos já foram despachados, por meio da companhia aérea Azul, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo

Camilla Zeni

Após acionar a Justiça, governo aguarda chegada de 50 respiradores ainda nesta quinta

Foto: Assessoria

O governo de Mato Grosso anunciou nesta quarta-feira (8) que, depois de três meses de espera, finalmente deve receber os 50 aparelhos de respiração eletrônica que foram adquiridos para auxiliar no combate à covid-19.

A expectativa é de que os equipamentos cheguem a Mato Grosso nessa quinta-feira (9). Eles já foram despachados, por meio da companhia aérea Azul, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Os aparelhos, que tiveram custo de R$ 2,1 milhões, foram adquiridos com a empresa Magnamed Tecnologia Médica S.A em abril deste ano. No entanto, a empresa acabou tendo sua fabricação requerida administrativamente pelo governo federal.

O caso foi parar na Justiça, conforme o Leiagora noticiou. A alegação da União era de que o estoque de respiradores deveria ser administrado pelo Ministério da Saúde, para evitar que estados com mais recursos financeiros comprassem em larga escala e deixassem desprovidos os estados com menos condições.

Apesar da alegação, o Supremo Tribunal Federal determinou, pelo menos três vezes, que a empresa fizesse a entrega.

Nessa terça-feira (8), após ter cumprido 14 dias de isolamento domiciliar em razão de ter testado positivo para a covid-19, o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi para São Paulo, na tentativa de viabilizar os aparelhos pessoalmente. A viagem foi anunciada por ele ainda de manhã, quando também revelou que já estava curado da doença.

Covid-19 em MT
Atualmente, Mato Grosso é considerado epicentro da epidemia no país, considerando a rapidez com que os casos e as mortes têm crescido na região. Além disso, o estado enfrenta déficit de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da covid-19.

Conforme levantamento do governo, divulgado nessa terça-feira, a taxa de ocupação das UTIs estaria em 93,2%. Contudo, a fila de espera por uma vaga supera 80 pessoas só na região metropolitana de Cuiabá.

O caso chamou a atenção da mídia nacional, que noticiou, nessa terça-feira, que os moradores já estão recorrendo a transferência para outros estados. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet