Cuiabá, terça-feira, 11/05/2021
19:54:41
informe o texto

Notícias / Política

30/04/2021 às 13:13

Controladoria vai apurar responsabilidade de medicamentos vencidos

A medida foi anunciada após visita da controladora do município Mariana Cristina Ribeiro dos Santos no centro de distribuição

Kamila Arruda

Controladoria vai apurar responsabilidade de medicamentos vencidos

Foto: Luiz Alves/Secom Cuiabá

A Controladoria Geral do Município instaurou nesta sexta-feira (30) uma auditoria para apurar a responsabilidade pelos medicamentos com prazo de validade vencidos estocado no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos. 

A medida foi anunciada após visita da controladora do município Mariana Cristina Ribeiro dos Santos no local ao centro de distribuição, que já foi alvo de fiscalização realizada pelos vereadores, fato que trouxe à tona os medicamentos vencidos, e também dos auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que abriu procedimento para apurar a irregularidade, além do dano ao erário. 

De acordo com a controladora, o órgão vai desenvolver um plano de ação para corrigir os processos de logística dos medicamentos, como um todo. “Hoje iniciamos a auditoria, e viemos apresentar a equipe de auditores responsáveis pela execução dos trabalhos, colher algumas informações junto à Secretaria de Saúde e à empresa que cuida da logística no setor. Pedi à equipe dedicação total nesse trabalho e dedicação  ‘full time’, para que  posteriormente possamos  apresentar o resultado dessa auditoria”, disse a gestora da CGM.


Marina também destacou que será elaborado um plano de ação para tratar os riscos e vulnerabilidades detectadas, com objetivo de axuliar o gestor, para uma tomada de decisão confiável e segura.

A visita foi acompanhada pela secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, que salientou a importância do envolvimento da Controladoria no trabalho de apuração, já iniciado também por meio da Secretaria Municipal de Saúde, ainda em outubro do ano passado.

“Hoje para nós é de fundamental importância, devido a medida e a proporção que isso tomou. É importante a presença deles [CGM] aqui, e inclusive, para estar verificando tudo. É um primeiro contato e isso vai se aprofundar, a gente quer a Controladoria junto, porque nós fizemos os nossos levantamentos, mas ainda estávamos em fase de terminar", disse a gestora da SMS.

Conforme a CGM, foi emitido ainda no início desta semana, duas ordens de serviços, logo após a propagação do assunto na mídia. Uma para auditoria e outra de pós auditoria, para acompanhar e tão logo encerrado a apuração, já desenvolver mecanismos de controle e criar protocolos.

“Faremos algumas visitas na própria SMS e aqui mesmo [no CDMIC]. A nossa intenção é entender as logísticas desses medicamentos, detectar motivos, criar procedimentos, analisar documentos e ao final tomaremos as medidas necessárias para emitir um relatório de auditoria”, concluiu Mariana.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet