Cuiabá, terça-feira, 21/09/2021
07:32:37
informe o texto

Notícias / Cultura Popular

17/05/2021 às 17:09

Artesãos de MT ocupam Beco do Candeeiro em loja fixa

Espaço comercial está localizado em casarão histórico reformado para abrigar as artesanias

Entretê

Artesãos de MT ocupam Beco do Candeeiro em loja fixa

Foto: Foto: Gustavo Duarte

A Associação de Artesãos Homens e Mulheres de Fibra ganhou loja própria no Beco do Candeeiro. O espaço, que vai abrigar peças dos cerca de 300 artesãos cadastrados na entidade, foi inaugurado na noite de sexta-feira (14), juntamente com a entrega da restauração do Beco, localizado na rua 27 de Dezembro, no Centro Histórico de Cuiabá. A loja vai funcionar de segunda a sexta, das 8h às 16h.

O espaço comercial está localizado em um casarão histórico que foi reformado para abrigar as artesanais. Com a loja fixa, os artesãos não precisam mais carregar seus trabalhos em sacolas de uma feira a outra, de um espaço de exposição temporário para outro, minimizando avarias às peças e gastos com deslocamento.

O ambiente foi preparado para comercialização de peças artesanais em tecido, jornal, vidro e madeira, com temáticas que permeiam a cuiabania e cultura mato-grossense e também para atender ao público que deseja conhecer um pouco mais da história de Cuiabá com mais conforto.

O espaço foi concedido pela Prefeitura de Cuiabá, que reformou o casarão conforme demanda dos artesãos. Mas o dinheiro da venda fica exclusivamente para os artistas, que arcam apenas com os custos de manutenção do local, sem cobrança de aluguel.

“A minha história é divulgar a minha cultura. Isso é meu ganha pão, eu vivo do artesanato”, comenta Ermelinda Maria da Silva, artesã há mais de 30 anos em Cuiabá, especialista na confecção de violas de cocho feitas de jornal. “Recuperar nossos locais símbolos da cuiabania é restaurar a autoestima do nosso povo”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Beco do Candeeiro

De acordo com a prefeitura de Cuiabá, o Beco do Candeeiro foi restaurado com objetivo de chegar o mais próximo de sua construção original.

A pavimentação da rua foi refeita utilizando os paralelepípedos originais que ainda se encontravam no espaço. Além disso, a calçada foi rebaixada, as fachadas das casas restauradas com cores originais e os candeeiros antigos foram recolocados com iluminação moderna.

A obra custou R$ 247 mil é fruto de um Termo de Ajuste de Compromisso (TAC). O resgate histórico da arquitetura local faz parte do calendário de entregas em comemoração ao aniversário de 302 anos de Cuiabá.

A obra contou com apoio das Secretarias de Ordem Pública, Assistência Social e também do Instituto Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN). O projeto foi executado em parceria com a Secretaria de Ordem Pública, Secretaria de Saúde, Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Secretaria de Mobilidade Urbana e também terá o apoio da Polícia Militar.

 
Com informações da Assessoria - Prefeitura de Cuiabá
Clique AQUI, entre no grupo de WhatsApp do Entretê e receba notícias de Cultura e programações artísticas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet